Contribuinte cadastrado no programa Nota Fiscal Gaúcha concorre a sorteios instantâneos de R$ 50 e R$ 500

No decorrer de fevereiro, os consumidores cadastrados no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) terão 30 chances diárias de concorrer a prêmios em dinheiro. A cada dia do mês, serão distribuídas dez premiações de R$ 500 e 20 no valor de R$ 50, totalizando mais de 800 oportunidades de embolsar uma quantia extra.

As premiações serão distribuídas por meio do Receita da Sorte, a modalidade de premiação instantânea do programa de cidadania fiscal. Para concorrer aos prêmios, o participante precisa fazer, no mesmo dia da compra, a leitura da Nota Fiscal Consumidor Eletrônica (NFC-e) com CPF no aplicativo do NFG.

Em dezembro do ano passado, o Receita da Sorte completou três anos com a distribuição de R$ 5,7 milhões em premiações aos contribuintes cadastrados. Ao todo, houve sorteio de mais de 27 mil notas fiscais. Ao longo do triênio, mais de 30 milhões de documentos de compra foram escaneados por meio do aplicativo do NFG.

Como funciona

Cada ciclo do Receita da Sorte é aberto durante as 24 horas do dia, período no qual é gerado um conjunto de números que serão contemplados diariamente, por meio de um sistema e de forma aleatória. Os números gerados para cada dia do sorteio podem ser conferidos no site do NFG.

A leitura do QR Code da nota fiscal com CPF só pode ser feita no dia da emissão do documento. Há um limite de leitura diária de até três notas do mesmo estabelecimento.

Para resgatar o prêmio, basta acessar o aplicativo da NFG (o mesmo que faz a leitura do código) e escolher a opção “Meus Prêmios”. Também é possível efetuar o resgate por meio do site do NFG, fazendo login e clicando também na aba “Meus Prêmios”.

Outros benefícios do NFG

Além da possibilidade dos prêmios diários, o cidadão, ao colocar o CPF na nota, ainda participa automaticamente dos sorteios mensais do programa. A emissão do documento fiscal também acumula pontos para participar do Receita Certa, modalidade que distribui prêmio em dinheiro ao cidadão quando houver incremento real da arrecadação de ICMS do setor varejista no trimestre de referência.

Outra vantagem – essa para proprietários de veículos – é o desconto do Bom Cidadão no IPVA, cujo percentual de redução varia de acordo com o número de notas com CPF acumuladas no ano.

Atualmente, o programa NFG conta com 2,9 milhões de inscritos, mais de 300 mil estabelecimentos cadastrados e mais de 3,7 mil entidades indicadas.

Ascom Sefaz